03 junho 2009

Quartas convida Madson Hudson

Mesmo com o frio congelante da cidade de São Paulo o ZumbiNews faz sua aparição com gorros e luvas para não te deixar na mão do que acontece no meio cultural e esportivo.

E dessa vez o convidado do Quartas foi Madson Hudson.

Falando sobre o cine Marabá e a rodada de quarta da Copa do Brasil ele fez parte desta edição do ZumbiNews.

Para não passar em branco Vinícius Bacelar vem comentar um pouco sobre o massacre catalão do Barcelona.

Imperdível.

5 comentários:

Madson Hudson disse...

Aêee!!!

Mas eu acho que esse entrevistado é meio zureta da cabeça...

Gabriel disse...

Muito bom.. comentarista zureta?? uhuheuheueh.. parabéns!

Yuri Telles disse...

Eu acho que o sotaque dessa "personalidade" tá meio diferente.. cade os "erris" arrrrrastados.. huahsuhaus... queria destacar o sucesso do filme "Ai que vida!" que foi gravado em cidades do interior do Maranhão e Piauí, se tiverem a oportunidade de fazer a busca do download e assitir vão poder conferir uma comédia muito mais que brasileira, mas também nordestina. O baixo custo da produção associado a falta de ensaio dos atores (que por dizer, são todos marinheiros de primeira viagem) faz os olhos se arregalarem de tanto de rir, deu pra entender?? kkkkk, assistam e vão saber do que estou falando, E VIVA A TERRA TUPINIQUIM!!!

Marcelo disse...

Verdade, o cinema nacional deve abordar mais do que violência e probreza. Gostei bastante da entrevista. Abraços!

Jabuticabaa disse...

Grande Madson e Hudson!
Bem,o nome por si só já revela a personalidade artística um tanto quanto regional desse rapaz!(não lembra nome de dupla sertaneja?rs)
Queridos,quero ressaltar os tópicos muito bem tratadas nesta peculiar entrevista;
tal como a improvável derrota do Corinthians pelo Vasco,que cá entre nós,com Ronaldao na linha quicando,mesmo machucado,nao tem pra ninguém,rs.
E sobre cinema nacional!
Estou de fato cansada de discutir o valor artístico da pelicula brasileira para os clientes da livraria onde trabalho.Assistiram Tropa de Elite e Cidade de Deus,e desde então qualquer filme é violento,e não construtivo,popularmente falando: apelativo.Mas não são todos,vide este filme independente indicado por nosso colega logo mais acima "Ai que vida!"...exemplos de que o Brasil não é só bunda,tráfico e violência.
Termino aqui parabenizando o trabalho de voces! Muito bacana mesmo!
Beijos!
(Tamiris)