08 setembro 2008

Revolta

Hoje esta blogagem expressa sua revolta.

Não podemos dizer sobre o que nos revoltamos...
Afinal algumas injustiças podem ser cometidas.

Nos revoltamos por aquilo que incomoda em silêncio.
Ou por detrás dos panos, mesmo que em pratos limpos.

Nos revoltamos pelas coisas que estão tão evidentes que parecem certezas.
Mas que se tranformam em cartas fora do baralho.

É duro saber que tudo que foi ontem
Amanhã não será mais.

Salutatio!

2 comentários:

Camila Caringe disse...

...And your choices are half chances, like everybody elses.

Déia Félix disse...

Pelo menos foram em pratos limpos, né? E aí não há muito o que dizer...