10 janeiro 2008

MASP PEDE SOCORRO

O Museu de Arte de São Paulo, o Masp, foi roubado, e isso todo mundo já sabe.
Recuperaram as obras, O Lavrador de Café de Cândido Portinari e o Retrato de Suzane Bork (esse eu não tenho certeza de como escreve) de Pablo Picasso.
Palmas para a polícia que achou nos cafundós do Judas, lá em Ferraz de Vasconcelos. Segundo o delegado do DEIC (Departamento Investigações de Crime Organizado), que não me recordo o nome (hehe) ,as obras não tiveram danos graves.

Pelo menos não foi isso que eu vi. Defronte ao meu aparato televisivo, acompanhei atentamente a trajetória das obras até o Masp. E nos inúmeros closes reparei que as obras estavam intactas, mas as molduras, nem o tiozinho que faz gesso no quintal de sua casa faz um trabalho tão porco.
Picasso e suas várias mulheres estariam revoltados nesse momento, total descaso.

A cidade mais uma vez parou para ver dois quadros sendo levados de volta. Poxa queridos e querida, não dá!!! Uma verdadeira operação de guerra, nem o tio Bento XVI teve essa segurança...O_o...

Ok, as obras são importantes e talz, mas leva em carro comum da polícia. Chamar a Policia Federal e a SWAT brasileira, o GAT (Grupo de Ações Táticas) e um exagero desnecessário.

O maior museu da América do Sul é também o mais frágil, as câmeras não funcionam e os guardas passam as noites regadas a Coca-Cola e um joguinho de Truco. Onde se encontra os investimentos em cultura, que nosso ministro... isso mesmo o Gil...disse que jorrariam feito petróleo? (e olha que agora somos auto-suficientes!).

Se depender da ministraiada que impera em seus palacetes nos paraísos fiscais, a única cultura que o brasileiro terá será a TV Cultura.

Descobriram onde estavam os quadros...Mas quem foi o mandante do roubo? Claro, os dois que foram presos nem sabem onde fica o Masp direito, e olha que foram eles que roubaram...mas como a luz estava cortada num deu pra ver!

Claro, nesse momento estão todos no Louvre...ou em Milão
Arrivederci

4 comentários:

Camila Caringe disse...

O nome do quadro é "O retrato de Suzanne BLOCK". E não tem essa de não me lembro quem, não sei exatamente... Pesquisa, jornalista! Não pode chutar o pau da barraca assim, também... É blog mas não é espelunca, tá?!

Os quadros foram roubados por encomenda. Já achei um máximo a polícia ter encontrado com relativa rapidez. Descobrir o mandante é um outro passo, vamos com calma...
Justamente por terem sido encomendados, não sofreram avarias. Os quadros nem foram levados com as molduras. Se tinha moldura antiga (deteriorada, não mal feita) é porque devia ter algum valor histórico ou estético. Vai com calma, cacique.
Quanto à super comitiva, é evidente que o pessoal quis mostrar serviço pra população, né?! Mas até achei isso bonitinho... O importante é só que o povo não se deixe enganar por essa falsa idéia de segurança e cobre mais cuidados dos (ir)responsáveis pelo museu e pelas obras.

É isso aí!
Tema relevante!
Bjo!

Magno disse...

Pois bem,

O nome do delegado sou perdoado. Tem 6 que fizeram as investigações e eu tenho certeza que cada um deles falou isso.

A moldura tá um lixo sim, segundo a administração do Masp, eles não mudaram as molduras porque não há verba para tais reparos, já que as obras pertecem ao museu e eles que se viram com isso.

O quadro do Portinari tem uma moldurinha safada,que não condiz com sua história (já fiz trabalho sobre ele! HEEE)

E notícia fresquinha....descobriram o mandante! E não vão divulgar para não estragar a investigação.

É isso

Camila Caringe disse...

Não está perdoado por nome nenhum que tenha omitido por falta de pesquisa. Contra fatos não há argumentos.
Tá, a moldura tava um lixo. Compra uma nova você, então, já que da luz o MASP cuida, né?
O mandante vai aparecer. Charminho dura pouco...

Camila Caringe disse...

Ainda estou esperando a satisfação e a novidade...